Vamos falar um pouquinho sobre adoção de animais?!

Olá Pessoas lindas, tudo bem com vocês?! Vamos falar um pouquinho sobre adoção de animais?
O tema veio à cabeça depois que eu e meu marido decidimos ter um cachorrinho. Ficamos monitorando as paginas de adoção do Facebook. 
Eu me apaixono por qualquer cachorrinho, mas meu marido é mais seleto rsrs… Entrei um contato com sobre 2 cachorrinhos de páginas diferentes, o primeiro já estava aguardando sua futura família ir buscá-lo, fiquei um tanto desapontada, mas continuei monitorando, sem pressa, até pq tava no inicio do ano, a grana fica meio curta por causa das férias né rsrsrs.
Mas enfim, depois de alguns dias, vi essa foto 👇 numa das páginas de adoção.

Mostrei ao meu marido a foto e ele disse na hora para entrar entrar em contato para saber se ainda estavam disponíveis para adoção e foi que fiz.

Imaginem a minha alegria em saber que elas ainda não tinham sido adotadas… Acertei todos os detalhes e arrumei a casa para recebê-las… Sim, adotamos as duas. Meu pensamento foi: “Aqui faz frio, se forem dois cachorrinhos fica melhor para se aquecerem e vão ter companhia em tempo integral para brincar!”
Quando elas chegaram em casa foi aquela alegria, mas nem tudo são rosas né, elas chegaram numa quarta-feira, porem na quinta, achei elas muito quietinhas, não queriam comer, nem beber água, elas chegaram muito magrinhas. Fiquei preocupada, liguei para o meu marido e quando ele chegou do trabalho levamos elas no veterinário (que por sinal, não poderíamos ter escolhido melhor, super recomendo a Casa do Au Au). E o que eu temia aconteceu, ficaram internadas com suspeita de parvo ou cinomose.
Foram 12 dias internadas em virtude da parvo e mais um monte de remédios em casa pós internação. Foi uma agonia enorme, cheguei a pensar que uma delas não iria sobreviver, íamos visitá-las todos os dias. 
Mas hj estão saudáveis, lindas, gordinhas e sapecas, tocando o terror em casa rssrsrrs
Hoje é bem difícil tirar foto delas, sem que estejam dormindo, pois elas não param um segundo hehehe.
Agora chega de enrolação e vamos ao tema do post né:
Adotar realmente é tudo de bom, sempre tive cachorro a vida toda, nunca comprei. Não sou contra a compra de cachorro, mas tambem não sou a favor, acho que todos temos o direito de ter a raça que queremos, mas sem a necessidade de comprar, mas enfim, esse é o mundo que vivemos. E falando sério, nossas peludinhas são as coisinhas mais lindas do mundo não é?! rsrs
Adotar um animalzinho, não é só tira-lo das ruas, é dar toda a atenção e cuidados que o animal necessita e não abandoná-lo na primeira dificuldade que aparecer, um animalzinho não é uma coisa, é um ser vivo, é um filho que precisa que alimentação de qualidade, muito carinho, um espaço limpo e aconchegante para dormir, também precisa de atenção de seus papais humanos.
Antes de adotar, você precisa estar ciente de que adotar um animalzinho gera gastos financeiros, tem comida, vacina, castração, médico, eventos inesperados (como o que aconteceu conosco na historia acima), no meu caso que moro em Curitiba, tem que ter manta quentinha ou roupinhas para os dias mais frios… Tem que ter espaço adequado de acordo com o tamanho do animal, se um dia você mudar de residencia, tem que ir para um local que aceite animais, não se deve abrir mão de um animal só porque ele não cabe na mudança, certo?!
Parece frescura, mas adotar um animalzinho requer um certo planejamento.
Se você está pensado em adotar ou comprar um bichinho, pense no que falamos no post, lembrando que adotar é sempre melhor. 
E vocês, tem alguma historia pra contar?
Bj Bj
Compartilhar

2 thoughts on “Vamos falar um pouquinho sobre adoção de animais?!

  1. Luh, que menininhas mais lindas!!!
    Eu sempre tive cachorros, desde os primeiros tempos de casada, e lá se vão muitos e muitos anos.
    E sempre adotados, ou resgatados, jamais comprados.
    Hoje em dia temos 4, o último resgatamos adulto, ou meninão lindo.
    E sim, tem gastos, muitos.
    E sim, requer paciência e dedicação.
    Mas me diz se não são a coisa mais amorzinho do mundo esses olhinhos de amor com os quais fitam a gente?
    Não vivo sem, são meus amores e preocupações mais constantes.
    beijossss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Fale Conosco